Cães: sempre ao seu lado

Uma breve introdução

Eu sou o tipo de pessoa que prefere gatos, mas que tem simpatia por cães. Uma simpatia recente, devo dizer.

Melhor foto ever de cão e gato. Se é que vocês leitoras me entendem :)

Na minha infância, diversos cães (cada um com um nome melhor que o outro: Shun, Juma, Maradona, Lilica e outros que não lembro agora…) passaram pela minha vida. Nunca me apeguei loucamente a nenhum deles, mas eles estavam lá, correndo e babando pelo meu quintal.

Cresci um pouco mais e passei bons anos da minha vida sendo uma pessoa com antipatia por cães, tudo por conta de um exemplar da espécie que decidiu atrapalhar minhas férias ao me presentear com uma bela mordida no primeiro dia de férias na praia.

Hoje, anos depois dessa ocasião, eu sou uma pessoa muito mais bem resolvida, que até aceita ter contato com cães, desde que, é claro, não sejam muito grandes. Eu consigo ter controle e até me apaixonar por filhotes, mas passou do meu joelho (em relação à altura, logicamente), já acho melhor manter uma distância segura, só por precaução.

O filme que motivou o assunto

Prepare os lenços antes de assistir este aqui.

Num desses finais de semana de preguicinha ao lado do namorado, vimos o filme Sempre ao seu Lado, com o maravilhoso galã Richard Gere (Uma Linda Mulher) no papel principal. O filme reproduz à sua maneira uma história real japonesa, na qual um cão da raça akita (uma das mais antigas existentes) esperou por seu dono diariamente em frente à estação de trem de Shibuya por nove anos, mesmo após a morte do dono. Uma lição de lealdade contada de maneira tão singela e bem produzida que inevitavelmente nos levou às de lágrimas.

Curiosidades sobre a história:

– o nome do cão é Hachiko, que em japonês significa o número 8, que para eles, é considerado o número da sorte;

– Hachiko é o nome de uma das personagens principais do meu mangá favorito: NANA, e nele, a personagem é tratada como um cãozinho fiel de estimação.

E hoje, sinto em dizer que sou uma pessoa sem cão, e o que é ainda pior, sou uma pessoa sem um bicho de estimação. Os únicos animais que temos lá em casa no momento são alguns peixinhos dourados que minha irmã batalha para manter vivos (mesmo sem toda aquela parafernalha necessária). Mas tenho ambição para mudar isso, ah se tenho!

Planos para o futuro

Filhotinho adorável para chamar de meu um dia!

Meu sonho de consumo para quando as coisas se estabilizarem é um beagle brincalhão e sapeca para chamar de meu. Fiquei enlouquecida por um akita por causa do filme, mas o tamanho que ele fica quando adulto já acabou rapidinho com meus sonhos, então, ainda continuo aguardando o momento certo para adquirir a primeira opção.

9 comments Write a comment

  1. Como eu chorei no filme sempre ao Seu Lado. Na fila da pipoca já estava chorando pois já conhecia a história! Amo cães e simpatizo com gatos, choro ao ver qualquer cão sofrendo. Inclusive a minha dog que já está comigo a 17 anos (L)

  2. hahahaha alouca dos cachorros! bom, eu AMO cachorros e acho gatinhos fofos, mas bem long de mim! haha tenho uma shih tzu e é praticamente minha irmã, amo muito! quero ver esse filme pra chorar que nem uma louca hahaha bjo

    • Carol, já que você é louca por cães, vai com calma, segura na mão do namorado e se prepara psicologicamente, pq a história do filme é maravilhosa!
      E vou ser sincera, fui no Google conferir qual era a raça, haha (sou péssima pra guardar esses nomes!) e como é fofinha! *_* Vejo fotos e fico com vontade de ter uma pra cima e pra baixo dentro de casa :/
      Beijo!

  3. Mais um filme ao seu lado :O
    Não vou comentar da companhia para assistir, pois tú sempre está ao meu lado, vou comentar sobre o filme mesmo :)

    Adoro cães, adorei o filme (embora seja triste), mas faz tú abrir um pouco a cabeça em relação ao amor homens x animais. Gostei, assistiria de novo fácil.

    Só não concordo com esta idéia de você ter um beagle, eles destroem demais o apartamento ): – Mas se tú quer, que assim seja ;)

    Beijos pochocla. ;*

  4. Que parada é essa Leca? Teu namorado não é ciúmento? Hahahah…

    Bom, eu sou suspeita pra falar, tenho 3 cachorros, Kiko, Nana e Hachi, e um gato Gaara. Eu não vivo sem nenhum, são seus melhores amigos, tanto os acachorros quanto o gato. Eu confio mais neles do que em qualquer pessoa.

    Recomendo muito você ter um Leca, é bom d+

  5. Ainda não vi esse filme porque, como meu namorado nunca teve cachorro, acho que só eu que vou me derreter em lágrimas enquanto ele fica com aquela cara de “ok”. Amo cães, sempre cresci rodeada por eles, mas sou mais gatos. E o plano é encher uma casa com eles e o namorado. =)

  6. Já que está aberta a novas descobertas, sugiro que ao invés de pensa em comprar um cão comece a pensar na ideia de adoção… Sou veterinária e vejo BARBARIDADES que a maldade humana comete com animais todos os dias e muitos deles são animais abandonados… Criadores (que criam cães como produtos para serem vendidos) também estão no topo do rankig de maldades, só que estes costumam fazer as coisas erradas escondidas dos compradores (obviamente)… Convido você a ler/se informar um pouco sobre tudo isso e pensar em adotar um cão… Mesmo que seja um beagle… Hoje muitos experimentos em animais usam essa aça de cão para testes e quando os testes terminam esse bichos são sacrificados por falta de dono… Aqui na faculdade que estudei mesmo isso sempre acontece… Bom, espero que goste da dica. Abraço.

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.