Dez anos de amizade.

Onde você estava há dez anos?

26659 366316376793913 1833299453 n large Dez anos de amizade.

Eu estava em São Paulo, curtindo meus 14 anos e desbravando esse mundo novo e inexplorado que era a Internet naquela época. Foi nesse período, em que eu não fazia ideia do que queria da vida (quem disse que hoje em dia eu sei?) que eu conheci uma tal Mione Weasley. Na época em que os fóruns bombavam com assuntos mil, falar de Harry Potter nos aproximou e que sorte, nossos gênios bateram! Nos tornamos amigas de internet e assim continuamos, pirando noites afora (até às seis da manhã, claro) e aos sábados (só depois das 14h) e nos tornando, aos poucos,amigas de verdade, ela lá em Brasília, eu, à época, em São Paulo.

Um feliz acaso do destino me levou, alguns anos depois, a conhecê-la quando não a amizade, mas um namoro à distância (shame on me!) me levou até a região central do país. Foi aí que, finalmente, percebi que aquele avatarzinho do outro lado do computador era real, de carne e osso!

542679 10151367893163060 334777806 n 300x300 Dez anos de amizade.

Amizade de internet é coisa séria: rolou até carta pra minha mãe!

Os anos passaram (o namoro desmanchou, o que significa que não voltei à Brasília), mas o destino voltou a conspirar a nosso favor: ela conseguiu dar uma passadinha em São Paulo para nos vermos de novo! Sim, lá estava ela, a amiga da internet, no meu habitat natural! E claro, conversamos como se anos jamais tivessem passado.

E pra você ver como não precisa estar do lado para estar perto, quando Jogos Vorazes (aquela trilogia que a amiga em questão me apresentou) estreiou no cinema, eu saí da minha sessão e liguei imediatamente pra quem? Pra ela, é claro! Que se dane o interurbano, nós precisávamos comentar o filme incrível que ambas tínhamos acabado de assistir e foi isso que fizemos.

Junto com esses pequenos detalhes, a vida das duas seguiu. Eu segui para Curitiba, ela continuou em Brasília, se formou, trabalhou e continuou sendo minha amiga virtual até que uou,completamos dez anos de amizadeObviamente foi ela quem deu o puxão de orelha, eu sou péssima com datas e jamais lembraria disso sozinha.

Acho que o segredo para durarmos tanto tempo, enquanto várias outras pessoas chegaram e passaram, é porque nós somos ambas muito tranquilas. Eu a amo de paixão, mas não fico por aí gritando isso aos quatro ventos, nem esperando ou cobrando que ela faça o mesmo. Sei que ela tem sim as amigas mais próximas, é a vida, fazer o quê? No fundo, acho saudável. E acredito eu que um simples ‘alô, você viu essa notícia de Jogos Vorazes?’ ou ‘olá, vamos começar mais um projeto internético juntas?’ é mais do que o suficiente para dar o gás que a gente precisa para manter essa amizade por mais muitos e muitos anoscom essa certeza implícita de que uma sempre vai estar ali por perto, quando a outra precisar. E se em dez anos tanta coisa já mudou, quem não garante que em mais cinco ou dez anos não estaremos trabalhando juntas e arrancando finalmente o “virtual” do lado do “amizade” que sempre estará lá?

Única coisa que me chateia nesses dez anos é o fato dela ser uma verdadeira tonta em relação a fotos e não me deixar tirar nenhuma, absolutamente nenhuma foto com ela. De verdade, acho que essa é a unica coisa que causaria algum risco de rompermos a amizade. haha

montagens Dez anos de amizade.

Amor que não é expresso com brushes do Photoshop, não é amor de verdade.

Mari, felizmente, eu me lembro muito bem da sua carinha e queria te agradecer por estar sempre por perto durante esses incríveis dez anos! Antigamente nós fazíamos elaboradas edições photoshopísticas pra comemorar essa data, mas como fui perdendo esse “dom” ao longos dos anos, fica aqui apenas um post, pra você, e pra todo mundo que desacredita de amizades virtuais. Elas existem, meu povo. E quando há investimento de ambas as partes, são para sempre. :)

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.