O livro de JUNHO: Por isso a gente acabou

Pra quem chegou agora, eu contei aqui que a quantidade de livros de 2011 foi vergonhosa! Para mudar isso, em 2012 decidi ler pelo menos 1 livro por mês. Veja os livros anteriores aqui.

Título: Por isso a gente acabou
Autor: Daniel Handler
Editora: Cia. das Letras
Páginas: 368
Onde comprar mais barato: Extra

O MOTIVO DO LIVRO

Eu decidi ler esse livro em Maio, quando minha vida estava de ponta-cabeça com a chegada em Curitiba. Sem apartamento, sem emprego, sem nada, o que me restava? Zapear na Internet enquanto as coisas se ajeitavam. Foi assim que no meu feed infinito do Google Reader eu me deparei com um post (que obviamente, eu perdi, com o tanto de coisa favoritada por lá), com um quote do livro. Sem hesitar, busquei-o na internet e comprei.

O mais engraçado é que só quando ele chegou que eu percebi que ele era todo ilustrado! Por mais que o nome da ilustradora venha estampado na capa, quem disse que eu notei?

A HISTÓRIA

O livro é na verdade, uma carta, de Min Green para Ed Slaterton. Ambos são dois estereótipos: ela é a estudante que anda com o grupo dos esquisitos e sonha ser diretora de cinema e ele é o jogador de basquete sem noção que sabe-se lá como, se apaixona por ela.


A carta é parte integrante da caixa com vários objetos marcantes do relacionamento já falido dos dois (quem nunca guardou canhoto de cinema, papel de Sonho de Valsa entre outros, que atire a primeira pedra). Cada item da caixa é um dos motivos da separação, que Min faz questão de explicar e esmiuçar com uma dose carregada de ironia e tratamento tragicômico, o que torna ela mais gostável, apesar da submissão que ela apresenta ao relacionamento por todo o livro.


Acho muito mais charmoso história de amor que começa com um bilhetinho.

Além dos dois personagens, também existem os amigos do casal, entre eles, Al, o melhor amigo de Min, parceiro de filmes independentes e bem, outro estereótipo previsível da história.

A história em si é bastante cansativa, mas a forma como ela é contada é bem interessante, evoluindo por meio da aparição de novos objetos. Além, disso, quem é fã de cinema vai se deliciar com as milhares de referências a filmes antigos. Min tem essa mania esquisita de se comparar a personagens de seus filmes favoritos e isso torna a narrativa muito mais rica. Dá vontade de anotar todos os filmes e cenas que ela cita e ir atrás, para assistir junto com a leitura.

EXTRAS

Min tem várias razões para o término do seu relacionamento e cada um sabe dos motivos que levaram ao fim de suas histórias de amor. Foi pensando nisso que o autor decidiu colocar online o site The Why We Broke Up Project, uma forma de descobrir outros motivos que terminaram relações. Você pode mandar sua história ou simplesmente ler todas as que já estão expostas lá (em inglês, obviamente).

Aqui no Brasil, foi feita uma intervenção nas livrarias para coletar souvenirs que marcaram o fim de um relacionamento. Quer se livrar daquele ursinho que você ganhou na primeira semana de namoro? Simples, só por na caixa. Uma ideia muito similar a do Museum of Broken Relationships, na Inglaterra, que expõe esses souvenirs e conta a história de cada um deles.

O LIVRO DO PRÓXIMO MÊS (no caso, Julho!)

Sem surpresas, nem adivinhas, o livro do próximo vez é (foi), a continuação da trilogia Feios. ;)

1 comment Write a comment

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.