O livro de MAIO: Feios

Pra quem chegou agora, eu contei aqui que a quantidade de livros de 2011 foi vergonhosa! Para mudar isso, em 2012 decidi ler pelo menos 1 livro por mês. Veja os livros anteriores aqui.

Título: Feios
Autor: Scott Westerfeld
Editora: Galera Record
Páginas: 416
Onde comprar: Saraiva (edição Vira-Vira)

O MOTIVO DO LIVRO

A Saraiva adooora enviar newsletters com promoções de livros. Por mais que você evite e-mail marketing como o diabo foge da cruz, vale a pena abrir esses pois é neles que estão as melhores ofertas. Foi numa dessas que eu me deparei com essa coleção “Vira-Vira“, com dois livros em um por um precinho super amigo (eu paguei R$14,90 nesse aí, dá menos de oito reais por livro!).

Fora o fator preço, eu já havia ouvido falar muito bem dessa saga mas nunca fui muito a fundo para não pegar nenhum spoiler acidental. Valeu a pena me conservar, porque pude ir tirando minhas próprias conclusões desde o princípio a respeito da questão principal do livro: vale a pena viver em um mundo onde todo mundo é igual?

A HISTÓRIA

Assim como em Jogos Vorazes, Feios se passa em um futuro distópico, onde a população, cansada das injustiças provocadas pelas diferenças entre as pessoas, decidiu impor uma nova regra: aos 16 anos, todos os adolescentes passariam por uma cirurgia que os tornaria perfeitos. Sim, pele, cabelo, gordura, dentes, tudo passaria por uma criteriosa avaliação e seria substituído/alterado para que todos ficassem com uma aparência padrão muito atrativa.

Os recém-operados passariam a viver em Nova Perfeição, uma vila onde tudo é festa e todas as conversas são “borbulhantes”. Antes disso, as crianças vivem na Vila Feia, onde podem ter um preview de como ficarão quando se tornarem perfeitos.

É na Vila Feia que está a protagonista, Tally Youngblood, que não vê a hora de se transformar e ir se juntar aos seus amigos, mais velhos que ela e portanto, já morando na nova colônia. Pouco antes de se transformar, ela conhece a menina Shay, que a apresenta a uma alternativa à Nova Perfeição. Quando Shay desaparece, Tally é capturada pelas Forças Especiais que a coagem para que ela contribua para localizar Shay e a resistência.

Cheio de detalhes de uma realidade à frente da nossa, o livro gera uma boa discussão sobre aqueles que um dia já quiseram ser iguais a todo mundo para se sentirem aceitos. Quando todo mundo é tão igual, para onde vão as características pessoais de cada um? Ser feio, afinal de contas, é um defeito? Ou um mero detalhe?

Por se tratar de uma trilogia, eu pressinto que o primeiro livro é apenas a apresentação do pano de fundo para uma discussão ainda maior  por vir. Afinal de contas, porque a cirurgia é obrigatória? E porque os feios são proibidos de irem até Nova Perfeição? Seria a miscigenação entre bonitos e feios o preconceito da nova geração? Se bem que, quem eu estou enganando? A gente já não é super condenada quando pega um cara um pouquinho mais estranho na balada? Com um questionamento como esse a cada virar de página, combinado a uma história regada com boas doses de aventura, é uma saga essencial para abrir a cabeça sobre esse tema tão persistente que é a eterna busca pelo ideal de beleza.

EXTRAS

Em um painel na Comic-Con que aconteceu neste ano, a série “Feios” foi cogitada como a próxima aposta dos estúdios cinematográficos. Depois do sucesso que foi Jogos Vorazes, muitos olhos se abriram para este tipo de discussão nas telonas. Eu, obviamente, concordo que a narrativa cheia de suspense e aventura dá um prato cheio para o cinema. Só resta torcer para que ela caia nas mãos de um diretor competente que saiba trazer os questionamentos de maneira apropriada para o grande público.

O LIVRO DO PRÓXIMO MÊS (no caso, Junho! – estamos quase lá!)

Há quanto tempo você não lê um livro ilustrado? Desde o pré? Pois então, fui me aventurar (meio que sem querer) em um livro que tem quase mais páginas de ilustrações do que texto. É um lançamento. Alguém arrisca um palpite? No último post dei dicas demais e acabaram acertando! ;)

4 comments Write a comment

  1. Já tinha ouvido falar dessa série, mas só depois de ler o seu post tive vontade de conhecer melhor a história. Conte mais depois que ler os outros, também. : ) Beijos.

  2. Ah que legal, estou tentando ter um número considerável de livros tb, já era pra ter lido mais, mas só li 4 que feio =/ Quero ler esseee

  3. Pingback: O livro de JUNHO: Por isso a gente acabou

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.