Oscar 2010 – Os Vencedores

Não, eu não assisti a premiação. Mas acompanhei pelo Twitter a enxurrada de mensagens a respeito. Junto com a cobertura simultânea de notícias + imagens do UOL, foi quase como se eu estivesse sentada na sala e assistido. Só que sem os comentários da nossa versão abrasileirada ;)

Abaixo, você confere os vencedores deste ano, juntamente com os comentários e pitacos desta pessoa que vos escreve.

Melhor ator coadjuvante
Christoph Waltz por (”Bastardos Inglórios”)

Sensacional! Assisti ao filme e posso dizer que ele realmente rouba a cena (deixando Brad Pitt no chinelo, para vocês terem uma ideia).

Melhor atriz coadjuvante
Mo’Nique por (”Preciosa”)

Melhor roteiro
Mark Boal por (”Guerra ao Terror”)

Melhor Roteiro Adaptado
Geoffrey Fletcher por (”Preciosa”)

Melhor Filme Estrangeiro
”O Segredo dos Seus Olhos” de (Argentina)
Outro ganhador do Oscar que faço a questão de assistir, assim que possível. Na timeline foi uma enxurrada de #chupaBrasil por nossos eternos rivais terem levado a estatueta. Acho injusto. Temos boas produções saindo do forno por aqui e penso que logo será a nossa vez de receber a consagração frente ao resto do mundo.

Melhor Animação
”Up – Altas Aventuras” de Pete Docter e Bob Peterson

Merecidíssimo! Pixar mereceu levar este prêmio por fazer uma das mais belas animações que já vi. Como bem disseram no Twitter, os dez primeiros minutos de UP já mereciam todos os Oscars da noite.

Melhor Curta de Animação
”Logorama” de Nicolas Schmerkin

Aqui, uma felicidade particular. Assisti e divulguei aos quatro ventos este curta há um tempo atrás. É um genial trabalho envolvendo, como o nome bem diz, apenas logotipos como cenário e personagens. É muito divertido ficar identificando os logotipos conhecidos na produção, que tem um enredo e desfecho genial. Parabéns à Academia por premiar uma obra como esta!

Melhor Documentário
”The Cove” de Louie Psihoyos and Fisher Stevens

Melhor Documentário Curta Metragem
“Music by Prudence” de Roger Ross Williams e Elinor Burkett

Melhor Trilha Sonora
Michael Giacchino por (“Up – Altas Aventuras”)

Melhor canção
“The Weary Kind (Theme from Crazy Heart)”, de “Louco Amor” de Música e Letra de Ryan Bingham e T-Bone Burnett

Melhor Direção de Arte
Rick Carter, Robert Stromberg, Kim Sinclair de (“Avatar”)

Melhor Fotografia
Mauro Fiore de (“Avatar”)

Melhor Edição
Bob Murawski e Chris Innis de (“Guerra ao Terror”)

Melhor Mixagem de Som
Paul N.J. Ottosson e Ray Beckett de (“Guerra ao Terror”)

Melhor Edição de Som
Paul N.J. Ottosson de (“Guerra ao Terror”)

Melhor Efeitos Visuais
Joe Letteri, Stephen Rosenbaum, Richard Baneham e Andrew R. Jones de (“Avatar”)

Melhor Maquiagem
Barney Burman, Mindy Hall e Joel Harlow de (“Star Trek”)

Melhor Figurino
Sandy Powell de (“The Young Victoria”)

Melhor Curta Metragem
“The New Tenants” de Joachim Back e Tivi Magnusson

Melhor Atriz
Sandra Bullock por (”Um Sonho Possível”)

Eu gosto dela, simpatizo demais com a Sandra. Há quem diga que a Academia tem uma espécie de “cisma” com ela, e como este foi o Oscar do imprevisível, cá está ela, levando uma estatueta para casa. O mais engraçado desta história é saber que um dia antes, ela levou o Framboesa de Ouro por pior atriz :)

Melhor Ator
Jeff Bridges por (”Coração Louco”)

Melhor Diretor
Kathryn Bigelow (”Guerra ao Terror”)

Aqui foi o começo do fim para Avatar. Se não deram o prêmio a ele, diretor apaixonado por sua “cria”, então dificilmente a peça levaria o prêmio de melhor filme. Não assisti este, mas fiquei tentada a. O primeiro prêmio de direção ganho por uma mulher certamente ficará como um marco na história do Oscar. Fazê-lo no Dia da Mulher, então, é ainda mais lendário. Mas mesmo assim, mesmo feliz por esta nossa conquista, eu, particularmente, não fiquei feliz com o resultado.

Melhor Filme
”Guerra ao Terror”

Pronto. Outro filme que não vi se consagrando como melhor do ano. Vou atrás para ver, mas crente de que não terá a mesma magia e encanto de Avatar. É claro que não são só esses os argumentos necessários para se levar um Oscar, há muito mais por ver para quem não é leigo em cinema.

Eu era uma das poucas a favor de Avatar neste Oscar. Acredito que por mais megalomaníaco que o James Cameron seja, ele tinha um sonho e foi a sua paixão que fez com que Avatar fosse um filme revolucionário. Então, por uma questão muito mais emocional do que técnica, queria que ele tivesse levado o maior prêmio da noite. Se bem que, com o dinheiro absurdo arrecadado pela bilheteria, acho que ele consegue comprar umas duas ou três estatuetas para enfeitar a sala, né? ;)

3 comments Write a comment

  1. Eu também estava torcendo para Avatar! Torcendo muito. Também não tinha assistido o “Guerra ao Terror” mas coloquei para baixar durante a premiação.

    Após a premiação fui assistir ao filme e achei muuuuuito bom mesmo (e era um filme que eu queria assistir a um tempo mas não sabia o nome, só tinha visto gifs na internet).

    Bom, mas enfim. Achei o Oscar 2010 super parado mas também fiquei muito surpreso com várias coisas (sandra bullock, Guerra ao terror 6 x 3 Avatar etc)

  2. Achei injusta a premiação :-)
    Embora não tenha assistido Guerra ao Terror, mas pelo que ví do Avatar …

    Como ótimo crítico de cinema que sou, me arrisco palpitar que o Avatar merecia ter ganho como melhor filme (ou será que eu estava inspirado demais quando assistimos?), mesmo sem ter acompanhado o Guerra ao Terror.

    Os figurinos em premiações são engraçados. Tinha uma mulher vestida de ‘plástico-bolha’,etc … Acho que merecia um post de ‘mulherzinha’ com os looks que rolaram por lá.

    Amor, Sandra Bullok estava impecável oO

    <3
    M!

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.